quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Por que Vale a Pena Comprar no Free Shop?

Olá, meninas!
Tudo bem?
Antes de falar os motivos pelos quais vale a pena comprar no free shop é bom esclarecer melhor o que é um.
Free Shop nada mais é que um estabelecimento comercial que fica na zona de fronteira entre um país e outro. Por isso que quando se viaja de avião dentro do mesmo país você não passa por esse local, pois não é fronteira entre países. Também não existem apenas em aeroportos. A fronteira do Brasil com a Argentina, que fica em Foz do Iguaçu, possui um centro comercial do tipo. Assim como a fronteira entre Brasil e Uruguai. A cidade de Rivera tem ruas com várias dessas lojas. Navios também possuem free shop, mas são abertos somente com a embarcação em alto mar (que é a zona de fronteira).  
O que esses estabelecimentos comercializam? Bom, geralmente vendem cosméticos, perfumes, bebidas alcoólicas, óculos, eletrônicos, bolsas, relógios... Alguns até tem roupas, artigos esportivos, chocolates e brinquedos.
Qual a diferença desses centros de comércio com os nossos shoppings, por exemplo? Apenas uma, o preço. É aqui que chegamos ao ponto chave do post. Como esses locais são fronteira entre países, as mercadorias ali comercializadas não possuem impostos. Vou dar um exemplo prático que toda mulher vai entender: um batom da MAC vendido aqui no Brasil custa cerca de 70 reais, enquanto no free shop custa cerca de 14 dólares (considerando que o dólar vale 2 reais, ficaria uns 28 reais). Olha só a diferença!!! Só nesse simples exemplo já dá para perceber o quanto vale a pena.
Mas como nem tudo são flores, existem algumas regras para a compra. A primeira delas é a cota. Em cada desembarque ou embarque você pode gastar somente 500 dólares. Exemplificando melhor: se eu saio daqui de Florianópolis com destino a Buenos Aires, eu posso gastar 500 dólares no free shop de Florianópolis + 500 dólares no free shop de Buenos Aires na ida. E na volta, a mesma coisa. Ou seja, você poderá gastar 2000 mil dólares no total.
Outras regras que devem ser respeitadas referem-se aos limites de mercadorias: só podemos comprar 10 cosméticos diferentes, se não estou enganada, e as bebidas também possuem um limite.
Além disso, outro fato que pode atrapalhar sua compra no free shop é que os lançamentos das marcas dificilmente vão estar lá imediatamente. Por exemplo, não espere encontrar as coleções de maquiagem da MAC por lá... eles não têm.
Além dos preços o que me agrada no free shop é o atendimento aqui no Brasil. Mesmo quando está cheio de gente os atendentes são atenciosos e muito prestativos. Você pode fazer reservas assim que tiver com sua passagem comprada direto no site deles, que também conta com atendimento online bem ágil.
Só acho que os free shops não valem a pena para quem está com viagem marcada para os EUA, pois lá em especial por conta dos outles, os produtos são muito mais baratos.
Pode até parecer consumismo, mas quando eu vou vajar sempre reservo dinheiro para as compras do free shop. Acho que vale a pena. Geralmente costumo parar neles na volta da viagem, mas na última que fiz acabei parando na ida e na volta, para escolher melhor e também porque na ida tivemos bastante tempo (isso também deve ser levado em conta... não vá perder seu vôo por causa do free shop!).
Já estava planejando e elaborando esse post há bastante tempo, por isso ele ficou grandão. Acho que depois de tanto blá blá blá, nada melhor que ilustrar tudo o que falei. Vou mostrar a vocês algumas das compras que fiz e que valeram a pena...

Um óculos Marc by Marc Jacobs aqui nas lojas de Floripa custa entre R$1000 e R$1200 reais. Esse eu paguei U$ 110 dólares, que convertendo dá menos de R$300 reais. Uma beleza, não?

Já vi o mesmo relógio em várias lojas daqui por R$1300 reais, mas no free shop eu paguei U$220 dólares.

O perfume Lola de 50ml foi comprado por U$80 dólares no free shop, enquanto no Brasil custa cerca de R$300 reais. O mesmo acontece como The One, também de 50ml, que no free shop custou 60 dólares e em lojas brasileiras custa cerca de R$200 reais.

Aqui no Brasil o pagamento das suas compras pode ser feito em real, dólar ou euro. Além disso você pode usar cartão de débito e crédito, parcelando em até 6 vezes.
Para quem está com viagem internacional marcada ou quer apenas dar uma espiadinha, vale a pena entrar no site deles para conferir os produtos e preços. Clique AQUI!

Para quem quiser ver outros clique AQUI para conhecer o da Argentina e AQUI para o do Uruguai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário! Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...