quinta-feira, 20 de junho de 2013

Compra Virtual: Fui taxada! O que devo fazer?


Eu nunca tinha sido taxada. Sempre tomei as precauções que ouvia dizer e a mais importante delas era comprar até o máximo de 50 dólares. Mas dessa vez não teve jeito, ainda mais porque comprei de pessoa jurídica (empresa). Comprei um delineador no site Strawberry que custou uns 20 dólares e não tinha nem frete. 

Ao acompanhar minha compra pelo site dos Correios eu já tinha visto algo errado, pois sempre que comprava vinha de São Paulo, mas dessa vez passou por Curitiba. Só aí já achei estranho. Aí quando apareceu a movimentação "Em trânsito para RFB - Tributado - Emissão Nota Tribtação/BR" tive certeza que seria taxada.

imagens google
Alguns dias depois recebi um documento dos Correios informando sobre a encomenda e que dizia que eu teria alguns dias para fazer a retirada e o pagamento. Foi o que fiz. 

Achei o valor cobrado um tanto alto, até porque eles nem viram o produto ou a nota fiscal, já que na minha encomenda veio um lacre dos Correios dizendo "Sem abertura de volume" (soube que eles só abrem o pacote se você recorrer). Mas paguei e retirei minha compra. Vale lembra que só aceitam pagamento em dinheiro. E, se por acaso eu não quisesse pagar eu nem precisaria ter ido buscar a encomenda, pois ela seria devolvida ao rementente. Claro que eu teria o prejuízo de já ter pago o produto (o vendedor não tem a obrigação de devolver o que você pagou).

Se não estou enganada paguei R$32 reais. Esse valor correspondia a tributação alfandegária e o ICMS cobrado aqui em Santa Catarina. Eu poderia recorrer desse valor, mas além de demorar muito para ser "julgado" o recurso o site que comprei se comprometia a devolver o valor pago da taxação e foi o que aconteceu. Encaminhei toda a documentação que recebi do Governo daqui por e-mail para o Strawberry e eles creditaram em meu cartão de crédito em menos de um mês.

No final das contas, não adianta se apavorar quando receber a correspondência informando da taxação, pois você não vai ser presa, não vai ter seu nome do SPC ou Serasa e não vai ter problemas jurídicos. Claro que o única problema que pode acontecer se você não pagar, além de ficar sem o produto, é perder o dinheiro já pago por ele, né? Por isso tenha muito cuidado ao fazer uma compra internacional. O site Strawberry, por exemplo, é muito visado, pois não cobra frete, então as brasileiras "se jogam" comprando nele, porque vale a pena mesmo! E é exatamente por isso que eles fazem a gentileza de devolver o que pagamos de impostos aqui. E é gentileza sim, pois nenhuma empresa ou pessoa física que vende tem obrigação de devolver esse valor ao consumidor.

Além disso, já soube que a Receita Federal está taxando, inclusive, compras internacionais entre pessoas físicas, que normalmente são mais seguras quanto a taxação. Por isso não comprei mais no Strawberry, desde que fui taxada (faz uns 4 meses isso). Semana passada realizei uma compra internacional em outro site, com um valor mais baixo, para fazer um teste. Depois conto aqui para vocês.

Mais alguém aí foi taxada esse ano?

7 comentários:

  1. acabo de verificar minha encomenda e aconteceu a mesma coisa, a vendedora disse que posso recorrer e que o valor seria devolvido pois tudo custou menos de 50 dólares e os recibos estavam dentro da caixa, eu acredito que não está escapando nada tudo está sendo taxado e ai quem sofre somos nós que achamos que estamos comprando algo tão em conta, e na verdade lá vem a bomba. Estou sem saber o que fazer, alguém ai sabe o que deve ser feito pra recorrer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilandio, infelizmente esse ano a fiscalização foi mais pesada. Como minha compra foi barata e a loja ressarciu os impostos que paguei, não recorri. Você pode pagar ou recorrer, mas ai eu acho que sua encomenda fica retida lá até julgarem seu recurso. Esse recurso é feito lá nos Correios mesmo. Quando você receber a correspondência para ir retirar sua encomenda e pagar os impostos vá direto aos Correios que eles explicam direitinho. Você também pode desistir da compra e não retirá-la, aí eles devolvem ao remetente. Mas recentemente fiz outras compras internacionais e não fui taxada. Espero ter ajudado! boa sorte!

      Excluir
  2. acabo de verificar minha encomenda e aconteceu a mesma coisa, a vendedora disse que posso recorrer e que o valor seria devolvido pois tudo custou menos de 50 dólares e os recibos estavam dentro da caixa, eu acredito que não está escapando nada tudo está sendo taxado e ai quem sofre somos nós que achamos que estamos comprando algo tão em conta, e na verdade lá vem a bomba. Estou sem saber o que fazer, alguém ai sabe o que deve ser feito pra recorrer?

    ResponderExcluir
  3. também nao escapei da tributação, mas ainda sim acredito que compensa mesmo pagando os 60 por cento de tributação em perfume. Aqui no Brasil o preço de perfume é um verdadeiro abuso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na maioria das vezes compensa sim! Nossos impostos são muito altos.

      Excluir
  4. Fiz a compra - data do pedido 04/06/2014 e somente hoje 22/07/2014 recebi o aviso do correio com taxa de entrega = R$ 12,00 e tributo federal + ICMS = R$ 184,61. Busquei no site da Strawberry e só então li que não fazem a 'gentileza' do reembolso para o Brasil e outros países. O que devo fazer?

    ResponderExcluir
  5. Oi, Marceli!
    Quando fiz a compra lá e fui taxada eles faziam reembolso. Talvez tenham mudado a prática por muitas compras da loja estarem sendo taxadas aqui no Brasil. Na época, eles diziam que faziam esse reembolso não por obrigação, mas sim por uma gentileza com as clientes. Já tentou enviar um e-mail pra eles? Como ficou cara a sua taxa, né? Compare o preço com o das lojas aqui no Brasil e veja se vale a pena pagar. Pergunte pra eles, também, se caso eles não reembolsarem as taxas, eles devolvem o valor que você já pagou pelos produtos. Espero ter ajudado um pouco. Depois me diga o que você decidiu, o que eles te responderam! beijos!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário! Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...