terça-feira, 30 de abril de 2013

Conheça a História das Matrioskas, as Bonecas Russas


Recentemente ganhei de presente um imã de geladeira de matrioska. Minha mãe comprou em um quiosque no Shopping Iguatemi, aqui de Floripa. Mas já vi que no Beiramar Shopping (também em Floripa) tem um parecido.

Eu já sabia que elas são tradicionais na Rússia e que possuem tamanhos diferentes e que uma fica dentro da outra. E só! Mas fui atrás para descobrir a origem e saber exatamente sobre a tradição...

Para começar, a tradição dessas bonecas começou há cerca de 120 anos com a família Mamontov. O casal Anatoly e Maria possuíam editoras, fábricas, antiquários e um especial interesse pela educação infantil. Eles estavam decididos a usar a fortuna que tinham na criação de ideias que auxiliassem no desenvolvimento das crianças.


Maria trabalhava com músicas e cantos populares adaptando e mantendo as histórias tradicionais russas para novas gerações. Seu trabalho é referência até hoje. Enquanto que na loja de brinquedos e artigos educacionais de Anatoly foi vendida a primeira matrioska.

Mamontov ficou encantado com uma boneca japonesa que possuía um sistema de encaixes (formato, material, cores e motivos são de origem russa) e foi aí que se inspirou na criação da matrioska que, a princípio, foi utilizada como um brinquedo.  Posteriormente, a boneca começou a ser utilizada em escolas auxiliando o desenvolvimento cognitivo das crianças.


O nome matrioska é o diminutivo de Matryona, um nome próprio feminino russo popular entre camponesas. Além do seu fim educativo, elas representam fertilidade e maternidade. Presentear um recém nascido com uma matrioska também é tradição, pois é o desejo de vida longa e próspera. 

As pinturas da bonecas também são variadas e podem representar cenas do folclore, lendas e da história russa.

Já conheciam essa peculiaridade? Sempre bom conhecer outras culturas, né?


15 comentários:

  1. Eu amo essas bonecas... amei o post! Aliás, todo o conteúdo do blog me pareceu muito interessante, tanto que fiquei por aqui, assinei feed... tudo a que tenho direito... rs
    Abraço!
    "Tá frio aí?" - sorteio bacana no minasdemim. Participe!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita, Jussara!! Fico feliz por ter gostado do blog! beijos

    ResponderExcluir
  3. acabo de chegar de Moscou, comprei varios óvos trabalhados e cerca de 12 Matrioscas para presentear a familia;;
    gostei muito da sua explanação sobre o significado , tradição e origem das bonecas, acrescentou muito ao que eu ja sabia,
    adorei



    adorei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal!! Moscou deve ser incrível!! Que bom que você gostou da explicação. Foi bem suscinta, na verdade. Mas fico feliz por ter ajudado! beijos!!

      Excluir
  4. Também acho essas bonecas lindas, um amigo foi a Rússia, trouxe e vi, peguei. São demais.

    ResponderExcluir
  5. fiquei curiosa para saber sobre essas bonecas após vê umas das festas + luxuosas que ja vi aqui na net, e Simplesmente amei o significado delas e + ainda como foi escrito .Adorei

    ResponderExcluir
  6. Parabéns ao seu trabalho de pesquisa.

    ResponderExcluir
  7. to furiosa não sei a onde comprar que raiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii... você é de onde? Se for de Floripa, tem quisques que vendem nos shoppings Beiramar e Iguatemi. beijos!

      Excluir
    2. Sao Paulo tem aos montes na rua 25 de março. Sorte!

      Excluir
  8. Adorei, pq acabei de chegar de St.Petersburg/Russia e trouxe varias Matrioskas p/ presentear. São mto. fofinhas. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal!!! Lá deve ter uma variedade enorme, né? São muito lindas mesmo!! bjooo

      Excluir
  9. Eu ameeeeei essas bonecas muito interessante
    ate comprei uma me encantei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São lindas mesmo! Eu só tenho uma de imã por enquanto!

      Excluir
  10. Adorei conhecer a historinha da boneca!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário! Volte sempre!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...